O Una Arquitetos, fundado em 1996, é uma associação de arquitetos formados pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP.
Desde sua formação desenvolve projetos em diversas escalas e programas como equipamentos para transporte público e projetos urbanos, espaços culturais, escolas, edifícios residenciais e comerciais. Trabalha associado a empresas de engenharia e consultorias, o que garante uma reflexão abrangente e multidisciplinar das questões da arquitetura e do urbanismo.
O escritório recebeu diversos prêmios por projetos e obras construídas. Entre eles, vários concedidos pelo Instituto de Arquitetos do Brasil, tendo recebido em 2008, o prêmio máximo dessa instituição, o prêmio Carlos Barjas Milan, pelo projeto da Nova Estação Piqueri.
Foi premiado na V Bienal Internacional de Arquitetura de São Paulo, com o projeto para o Centro Universitário Maria Antônia (USP) e do Instituto de Arte Contemporânea, e na VII Bienal, com o projeto urbano para os bairros da Mooca e Ipiranga, em São Paulo.
Em 2003 integrou a equipe do arquiteto Paulo Mendes da Rocha no projeto para candidatura de São Paulo à sede das Olimpíadas de 2012.
Participou de diversos eventos nacionais e internacionais. Expôs em duas edições da Bienal de Arquitetura de Veneza. Em 2004, no Pavilhão do Brasil, representando o país, a convite da curadoria nacional. Em 2006, no Pavilhão Arsenalle, selecionado pela curadoria internacional.
Em 2010 foi o convidado a expor na Trienal de Arquitetura de Lisboa, tendo desenvolvido especialmente para a Trienal um projeto de habitação em Caranguejo Tabaiares, Recife.
O Una Arquitetos integrou a exposição Coletivo - Arquitetura Paulista Contemporânea, exibida inicialmente em São Paulo (Centro Universitário Maria Antônia), e posteriormente no Rio de Janeiro, Lisboa, Zurich, St. Louis, Braumschweig, com livro editado pela Cosac e Naify.
São sócios do Una Arquitetos: Cristiane Muniz, Fábio Valentim, Fernanda Barbara e Fernando Viégas. Entre 1996 e 1999, o escritório teve também como sócias Ana Paula Pontes e Catherine Otondo.